ADM365
Apagão deixa mais de cinco milhões sem luz em seis estados do Nordeste.

Mais de cinco milhões de pessoas, em seis estados do Nordeste, ficaram às escuras no fim de semana.

A Bahia foi o estado com o maior número de pessoas atingidas – quase dois milhões de pessoas. O problema afetou 289 municípios e 1,8 milhão de consumidores, mas não há mais cidades sem luz nesta segunda-feira (24). O apagão, que durou cerca de 20 minutos, foi resultado do Sistema Interligado Nacional.

Em Pernambuco, 45% dos clientes do estado ficou sem luz, o que soma 1,4 milhão de pontos de fornecimento comerciais e residências. A companhia de energia do estado afirma que o problema foi na rede interligada.

O Maranhão registrou o apagão mais longo. A população de 13 municípios maranhenses, que vive em 326 mil casas, ficou sem luz por uma hora. Na Região Metropolitana de São Luís, dois grandes bairros ficaram sem energia.

No Ceará, na Paraíba e em Sergipe, o corte de energia durou poucos minutos. Mas o governo quer saber o que aconteceu e convocou para esta segunda-feira (24) uma reunião de emergência, em Brasília.

É um encontro a portas fechadas no Ministério de Minas e Energia. O governo quer saber o que provocou o apagão. O ministro Edison Lobão, que está em Nova York, não volta para o Brasil para participar da reunião. Quem comanda é o secretário executivo, Márcio Zimmermann, que é o ministro interino.

Participam da reunião representantes do Operador Nacional do Sistema, da Agência Nacional de Energia Elétrica, e da Empresa de Pesquisa Energética.

Inicialmente o ministério tratou o apagão como uma perturbação do sistema elétrico, mas vale lembrar que em 2011 também houve um problema semelhante. Em sete estados, 13,5 milhões de pessoas ficaram sem luz por mais de três horas.

Fonte: g1.globo.com

COMPARTILHE:

Representadas